Dallagnol desautoriza agência que oferecia palestras suas a R$ 40 mil.

Palestras do chefe da força-tarefa da Lava Jato eram oferecidas por valores entre R$ 30 mil a R$ 40 mil.

Delatado pelo site Brasil 247, que o acusou de oferecer palestras a preços fixos (R$ 30 mil a R$ 40 mil) através da agência Motiveação, SP, o procurador Deltan Dallagnol tirou nota, esta tarde, para avisar que não autorizou ninguém a oferecer seus serviços nesta área.

Dallagnol recebeu críticas ferozes dos inimigos da Lava Jato.

Ele reconheceu que cobra por palestras, mas não quis falar em valores.