Dallagnol desautoriza agência que oferecia palestras suas a R$ 40 mil.

Palestras do chefe da força-tarefa da Lava Jato eram oferecidas por valores entre R$ 30 mil a R$ 40 mil.

Delatado pelo site Brasil 247, que o acusou de oferecer palestras a preços fixos (R$ 30 mil a R$ 40 mil) através da agência Motiveação, SP, o procurador Deltan Dallagnol tirou nota, esta tarde, para avisar que não autorizou ninguém a oferecer seus serviços nesta área.

Dallagnol recebeu críticas ferozes dos inimigos da Lava Jato.

Ele reconheceu que cobra por palestras, mas não quis falar em valores.

30 comentários:

Anônimo disse...

vai trabalhar mamateiro..os outros jurisdicionados querem trabalho de voces funcionários públicos não palestrinhas, quer vitrine vai pra iniciativa privada e não ser concurseiro...

Anônimo disse...

Aí meu caro, tens que apresentar uma planilha com TODAS as palestras, valores, impostos, comissões etc...
Teu salário, muito alto diga-se de passagem, é para trabalhares, não dar palestras.
Ou apresenta isso ou perde totalmente a credibilidade.

Anônimo disse...

Anda aparecendo muito.
Colocando frases de efeito nas redes.
Confio no Moro, o único que teve CORAGEM de puxar a 1ª PRIMEIRA PENA.
Duvido que qualquer outra pessoa (juiz, procurador), não fosse Moro, ao ver o tamanho do imbróglio que estava por vir, se metesse na árdua tarefa de levar adiante a investigação da Lava Jato, quando tudo começou , naquele posto de gasolina.

ATENTO disse...

tá funcionando!

TÁ FUNCIONANDO!!!

UNS CUIDANDO DOS OUTROS, A LAVA JATO DÁ OPS PRIMEIROS SINTOMAS DE QUE VEIO PARA MELHORAR.

ASSIM COMO NO MERCADO,CADA UM CUIDA PARA NÃO PISAR NA BOLA COM SEUS PRODUTOS, OU O CONCORRENTE AVISA QUE O PRODUTO DELE NÃO TEM AQUELE DEFEITO.

MUTATIS MUTANTI,ALGUEM DENUNCIOU UM FUNCIONARIO PUBLICO DE VENDER ,FAZER PALESTRAS EM FUNÇÃO DE UM CARGO PUBLICO.UM PRODUTO ORIUNDO DE SUA FUNÇÃO PUBLICA, DE ORIGEM TALVEZ ILICITA POR CAUSA DISSO.

BELEZA,UM CUIDA O OUTRO QUE CUIDA O OUTRO QUE CUIDA O UM. ISTO PROMOVERÁ APRERFEIÇOAMENTO.

ALELUIA! ALELUIA...

Alberto disse...

247, blog do Miro, Paulo Henrique Amorim, Jure'mala'/Taline não passam de uns bobalhões que adoram uma estrelinha vermelha comunista e não se importam com os bilhões que os PTralhas nos roubaram = vergonha!

Anônimo disse...

Está aí a "face oculta" das entrevistas...É tudo com o objetivo de ganhar mais notoriedade e cobrar mais pelas palestras...Está seguindo o exemplo do Lula...Vai trabalhar frangote, teu salário já é bem polpudo...E mais, quando se aposentar vai ter a garantia de receber integralmente o seu alto salário...Por isso querem desestabilizar o governo, para as reformas não passarem, para essa festa não acabar, não estão preocupados com a corrupção, estão preocupados em tomar o lugar dos políticos, é essa a intenção do chefe maior da PGR e dos demais "Procuradores"...vão "procurar" o que fazer "procuradores". Endireita Brasil!

Anônimo disse...

PT PEDIRÁ NA JUSTIÇA QUE DALLAGNOL REVELE CLIENTES DE SUAS PALESTRAS:

19/06/2017 - Brasil 247

Deputados Wadih Damous (PT-RJ) e Paulo Pimenta (PT-RS) apresentarão ao Conselho Nacional do Ministério Público um pedido de informações sobre a alegação de contrato de confidencialidade feita pelo procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, para não revelar quanto cobra por palestra e a identidade de seus clientes; "Não existe juiz e promotor alegar cláusula de confidencialidade. Isso não existe no serviço público", argumentou Pimenta; após polêmica de que suas palestras custam entre R$ 30 mil e R$ 40 mil, de acordo com o site de uma empresa que o agencia, Dallagnol disse estar montando um fundo de combate à corrupção com parte do dinheiro recebido.

PS: Funcionário Público alegar contrato com clausula de "confidencialidade" para não informar quanto recebeu nas palestras, pode? E a Receita Federal foi informada?

Anônimo disse...

Putz, agora que pensava em dar palestras sobre 'comportamento civilizatório dentro de uma estrutura complexa mas simples' ?

Anônimo disse...

O Moro só pode atuar no processo de o MPF agir primeiro, ajuizando a ação. Este procurador é um dos que vem ajuizando as ações que Moro julga.

Anônimo disse...

Para um cara que é tão rigoroso para fud. petistas, digo, rigoroso no embate contra todo e qualquer desvio de dinheiro não declarado ao fisco ou dinheiro oriundo de Cx 2, ou ainda dinheiro mal havido por parte de empresários, politicos não pega bem. ou pega?

Anônimo disse...

Se ele declarar não há problema algum.

Anônimo disse...

Pois é petralhete 17:18 baba-ovos, o Dalagnol pode informar para quem deu palestras, e o teu pai-pai larápio, já foste em alguma palestra dele???? DIGA QUE SIM, senão SERÁS EXPULSO do teu PARTIDO-QUADRILHA! Diga que foste as palestras do Lula e aprendeste horrores com o teu çábio fessor, mais o que mais gostaste foi aquela parte que ele ensinou a meter a mãos com vontade nos cofres com dinheiro público, que assistir esta palestra com o profeta lula foi a realização de teu sonho de consumo inigualável. Só torça para o Lula não levar um tiro no saco, pois o SUS poderá não ter como resolver o teu problema bucal.

Anônimo disse...

Os petralhas estão querendo acabar com o Procurador Dallagnol e a Lava-Jato. !!!

Anônimo disse...

Esse foi o que falou do Aécio cheirapo...que não tinha nada contra ele...

Anônimo disse...

Ministro do Supremo cobra 120 mil...porque a gritaria ???? Lula cobrava 200 mil dólares...deixa o homem falar...comunista é foda...só o deles pode cobrar...

Anônimo disse...

O procurador Deltan combrar por palestras de 30 a 40 mil, é troco. Perto do ladrão do 9dedos que 800 mil por palestras prá dizer pura batatada. O estranho é que depois que começou a lava jato acabaram as palestras do mais HONESTO DO BRASIL, DO MUNDO E QUIÇÁ DA GALÁXIA.

Anônimo disse...

Que palestra mais pobre, como ele faz igual ao doria, doa o dinheiro dessas palestras, acho que deveria cobrar no minimo 100 pilas, aliás não tinha um analfabeto funcional que fazia palestras por muito, muito mais que isso?

Anônimo disse...

ele ja disse que o q recebe vai p um fundo de combate a corrupçao

Anônimo disse...

funcionário público não pode exercer atividade privada imbecis...vão estudar

Anônimo disse...

E o Lula não cobrava pelas suas palestras? E muito mais de 30/40. Este pelo menos sabe o quê fala.

Anônimo disse...

Como se dá palestras neste país??? Até o lulladrão dava, aquelas "pagas" pela Odebrecht e OAS< lembram!

Anônimo disse...

Não pga bem....Não basta ser honesto....tem que parecer honesto..

Anônimo disse...

Igreja evangélica esvaziou durante pregação de Dallagnol — e pastor chamou fieis de “tolos”.

Que pastor midiático esperaria que seu rebanho virasse as costas e deixasse o templo no momento em que seu púlpito fosse entregue a um procurador responsável pela Lava Jato?

Pois isso ocorreu em agosto passado na igreja da Lagoinha, em Belo Horizonte, no “culto fé” dirigido pelo pastor e cantor André Valadão.
Enquanto Dallagnol falava, apresentando um powerpoint, as pessoas começaram a sair do templo, esvaziando o local.

Na semana seguinte, Valadão fez críticas ácidas aos frequentadores. O vídeo viralizou apenas esta semana, misteriosamente.

Segue abaixo o desabafo de Valadão seguido de meu parecer sobre o episódio: http://www.diariodocentrodo...

Anônimo disse...

Procurador da Lava Jato compra imóveis do Minha Casa Minha Vida:

Procurador da República e nome de frente na Operação Lava Jato, o promotor Deltan Dallagnol é um homem de convicções fortes. Acusou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com base nas mesmas diretivas imaginárias que o conduziram a um processo, movido pela defesa do líder petista. Mas, no campo dos negócios, a crença para o mercado imobiliário não falha. Com base na persuasão de um corretor, muito bem informado, comprou dois apartamentos construídos no programa Minha Casa, Minha Vida. O dinheiro rendeu.

Evangélico, frequentador da Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba, Dallagnol agradece aos céus por registrar, no Cartório de Imóveis de Ponta Grossa, em fevereiro do ano passado, duas unidades no condomínio Le Village Pitangui, construído pela construtora FMM. Foi o que apurou o jornalista Joaquim de Carvalho, para o site de notícias Diário do Centro do Mundo (DCM).
http://www.correiodobrasil....

Anônimo disse...

A inveja mata!!!

Anônimo disse...

Assim como você parece não se importar com as falcatruas do PMDB/PSDB no governo atual. Vergonha também.

Anônimo disse...

Anônimo das 20:28 hs , vc deve ser mais um repetidor de lerias, papagaio da esquerda atrasada. Vá estudar, se não estuda , aprenda a pesquisar.Onde está escrito que funcionário publico não pode exercer atividades particulares?

Anônimo disse...

imbecil tá na constituição!!!!...e não são atividades particulares, são atividades de NEGÓCIOS ENTENDEU GAZELA??

Anônimo disse...

Ora... As palestras do Lula custavam 1 milhão...

Anônimo disse...

Lula passou a dar Palestras depois que terminou sei mandato de Presidente da Republica, portanto não era mais funcionário público, logo pode fazer palestras e fazer seu preço.

PS1: Os ganhos com as palestras de lula foram declarado para Receita Federal e não tinham "clausula de confidencialidade".

PS2: Leiam a CF/88, art. 37, inciso XVI, letra "a", "b", "c".